Proteção para metalúrgicos: Quais EPI´s são os mais indicados?

11 abr
2022

Todos os anos novos metais são desenvolvidos, com características distintas, que serão utilizados em diversos ramos metalúrgicos e metal mecânico.

Com a expansão do seu uso, aparecem riscos à integridade física e saúde das pessoas envolvidas no trabalho direto com estes materiais, que podem prejudicar projetos inteiros.

Pensando nisso, vamos abordar sobre os principais tipos de EPI ‘s do mercado e quais agentes podem estar no ambiente de trabalho que geram problemas a saúde e integridade física.

 

Por que utilizar EPI ‘s no trabalho metalúrgico?

Como todo tipo de trabalho, ameaças à saúde do trabalhador estão presentes e devemos nos prevenir delas no maior grau possível. Muitos destes riscos são inerentes ao próprio trabalho desenvolvido, como as lesões físicas que podem ser causadas.

Existe uma série de ameaças e para facilitar, aqui temos algumas mais comuns:

  • Risco de queda de materiais pesados e/ou cortantes;
  • Cavaco ou farpas metálicas perfurantes propelidas aleatoriamente;
  • Gases tóxicos;
  • Temperaturas excessivas;
  • Partes móveis de máquinas;
  • Ruídos com volume muito elevado;
  • Mudança de luminosidade constante.

Estes são alguns dos riscos envolvidos em grande parte dos trabalhos metal mecânicos e metalúrgicos, que podem ameaçar a saúde das pessoas envolvidas direta ou indiretamente nas operações diárias.

Então vamos falar um pouco sobre esses riscos e como reduzir ao máximo essas ameaças.

 

Riscos em operações metal mecânica e metalúrgicas

Veja, a seguir, os principais riscos e como preveni-los em indústrias metalúrgicas.

Risco de queda de materiais pesados e/ou cortantes

Em sua grande maioria, as metalúrgicas costumam executar operações fazendo uso de metais (apesar do nome, as metalúrgicas utilizam plásticos e materiais cerâmicos em suas operações com certa frequência), que são densos e por consequência, pesados.

Como o espaço nem sempre é abundante, muitas empresas fazem uso de empilhamentos e prateleiras para armazenar materiais, isso facilita a queda e consequentemente a lesão corporal dos envolvidos.

O principal local de queda dos materiais é o pé, podendo causar amputação de parte ou da totalidade do pé. Para evitar este risco é indicado o uso de EPI adequado aos pés, como sapatos de segurança reforçados e que mantenham a integridade física nos mais diversos casos de queda de materiais.

Cavaco ou farpas metálicas perfurantes propelidas aleatoriamente

Outra ameaça muito presente no dia a dia das metalúrgicas, são os cavacos e farpas, projetados em distância de forma aleatória. Estes agentes podem perfurar facilmente os olhos, levando a cegueira.

Além disso, em alguns casos pode queimar a região do corpo onde tocarem, causando pequenas lesões e desconforto durante o trabalho.

Para evitar isso, é indicado a utilização de óculos de proteção, como um EPI obrigatório, mesmo as pessoas não envolvidas no trabalho diretamente, já que as farpas e cavacos são atirados de forma aleatória, se tendo pouco ou nenhum controle da direção e distância alcançada.

Gases tóxicos

Dentro da indústria metal mecânica é normal realizar processos de soldagem, no qual é produzido vapores de gases tóxicos, podendo gerar problemas à saúde respiratória do operador de solda.

Em grande parte das operações, estes gases não são visíveis e nem sempre possuem odor, o que pode facilitar a ameaça ao trabalhador.

Como eliminar esse risco dentro de ambientes fechados é muito complexo, é sempre indicado o uso de máscara respiratórias com filtragem adequada, como por exemplo a máscara 3MTM SecureClickTM.

Isso garante que o trabalhador esteja respirando um ar puro, sem gases tóxicos durante toda a operação de soldagem.

Temperaturas excessivas

Em empresas metalúrgicas é comum ter de fundir o metal para moldá-lo da forma desejada. Este processo envolve temperaturas mais elevadas, podendo passar facilmente de 1000 oC.

Isso é uma temperatura muito alta, principalmente se comparado a equipamentos domésticos, que atingem no máximo 300 oC. Devido a isso, o trabalho com este processo oferece um alto risco se feito de maneira inadequada e desprotegida.

Para que seja feito o trabalho com toda a segurança, é indicado o uso de roupas especiais para temperatura, aos quais a Corsul disponibiliza uma grande linha para o mercado de vestimentas para trabalho em temperatura.

Partes móveis de máquinas

Com o aumento de produtos metálicos, é necessário máquinas que possam produzir estes artigos. Estas máquinas dispõem de partes móveis com os mais variados tipos de movimento.

Devido a variação dos tipos de movimento e em alguns casos, a proximidade envolvida com o operador, a integridade física pode ser afetada.

Nesses casos, EPI ‘s que protejam as partes do corpo que ficam mais próximas da máquina são necessários, como luvas, óculos de proteção e roupas adequadas.

Esses equipamentos reduzem as chances de o corpo entrar em contato direto com o equipamento, protegendo a integridade física.

Ruídos com volume muito elevado

Uma das ameaças que poucos se atentam é a quantidade e volume de ruído produzido pelos equipamentos utilizados no ramo metalúrgico e metal mecânico.

Esses “sons” podem causar perda de audição em diversos graus, inclusive podendo levar a surdez completa.

Para evitar que o trabalho em ambiente com ruído leve a uma situação de PAIR (Perda Auditiva Induzida por Ruído), o uso de proteção auditiva é necessário.

Mudança de luminosidade constante

Nos processos metais mecânicos, existem dois tipos de operações que geram mudanças constantes de luminosidade ou excesso de luz sobre a visão do trabalhador, movimentação de carga entre espaços diferentes ou soldagem.

Em muitas empresas a movimentação de carga ocorre entre espaços diferentes, que são separados por construções distintas, o que causa uma constante mudança de luminosidade.

Esta mudança pode reduzir a qualidade do serviço no dia a dia e a longo prazo prejudicar a visão. Nessas situações o uso de óculos adequado a transição de luminosidade é indicado para proteger a visão dos trabalhadores envolvidos.

Outra operação que envolve mudança de luminosidade, além disso, o aumento repentino de intensidade de luz é o processo de soldagem. Neste processo, como já citado, gases são produzidos, mas também uma luz intensa durante todo o processo pode ser vista.

Essa luz é tão forte que em uma única operação de soldagem pode “queimar” os olhos dos envolvidos na operação de soldagem e a longo prazo pode levar a perda da visão.

Para evitar os problemas de luminosidade com soldagem, o uso de viseiras especiais é indicado, como os filtros de escurecimento automáticos da 3MTM.

 

Não descuide da validade e qualidade dos itens de segurança

Com todos esses riscos e tendo de entregar vários tipos diferentes de equipamentos de proteção individual aos trabalhadores da sua empresa, pode ficar complexo monitorar a sua validade e descarte adequado.

Pensando nisso, a Corsul dispõe do sistema Machine, que faz entrega de diversos tipos de EPI’s na data certa para cada colaborador, além do seu descarte.

Isso melhora consistentemente o fluxo de manutenção dos EPI ‘s, ajuda a melhorar a qualidade da segurança do trabalho e proporciona a sustentabilidade do meio ambiente. Entre em contato com a Corsul e solicite uma avaliação.

Para mais informações sobre os diversos cuidados com segurança do trabalho ou entre em contato em nossa Linha Direta.

Continue acompanhando o blog da Corsul e não esqueça de seguir nossas redes sociais para não perder nenhuma novidade. Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube.

Corsul – O que fazemos envolve você

Você está sendo redirecionado para o novo site do grupo Corsul!

Dalberti, uma empresa do grupo Corsul

Corsul - o que fazemos envolve você
Dalberti, uma empresa do grupo Corsul

Deixe seu e-mail e receba novidades e lançamentos do mercado

Deixe seu e-mail e receba novidades
e lançamentos do mercado

Enviaremos um e-mail para você, confirmando o seu cadastro.

Newsletter Popup
Aceite
Corsul - o que fazemos envolve você
Precisa de ajuda?